Buscar
  • Achley Wzorek Advogada

"Estou com um familiar preso. E agora?"


Não saber o que fazer quando algum familiar ou amigo vai preso e sentir-se desesperado, é normal.


Muitas vezes sequer há conhecimento dos motivos e local onde a pessoa encontra-se detida.


Será que essa prisão é realmente necessária? Será que os direitos do preso estão sendo respeitados? Está tendo a assistência devida? Será que está sofrendo alguma violência? O que pode ser feito? Inúmeros questionamentos surgem.


Por isso, não hesite e não demore para chamar um advogado criminalista. Nós, com a análise processual adequada, conseguimos identificar o local da prisão, os motivos e verificar se há possibilidade de liberdade. Conseguimos passar um panorama para a família, tranquilizá-los e tomar a frente da situação.


Seja uma prisão em flagrante, seja uma prisão para cumprimento de uma pena.

Nada é automático. Somente o advogado pode pedir revogação da prisão, fiança, liberdade provisória, progressão de regime e tomar as medidas cabíveis.


Durante o cumprimento de pena, podemos verificar se há a necessidade de atendimento médico, de transferência de unidade prisional, de remição de pena por estudo ou trabalho, possibilidade de trabalho interno ou externo e demais direitos do preso. Não só para deixar o preso consciente de sua situação processual, mas como os familiares, que aguardam sua liberdade.


Então, independente do dia da semana e do horário da prisão, ligue imediatamente para um advogado criminalista e informa a situação. Somente assim os direitos do preso serão resguardados.