Buscar
  • Achley Wzorek Advogada

Dra, fui intimado para comparecer em Delegacia. O que eu faço?



Primeiro não se desespere. É normal, por sentimento humano, que você fique apreensivo e com medo. Mas ser intimado para comparecer e prestar declarações na Delegacia não significa que você é quem está sendo investigado. Você pode ser apenas uma testemunha ou informante, que irá auxiliar a Autoridade Policial a esclarecer determinado crime que esteja sendo apurado.


No entanto, você precisa ter alguns cuidados.


Se receber uma intimação, procure um advogado criminalista para verificar a situação, o que consta na delegacia, qual sua posição nas investigações (se investigado ou testemunha), se há pedidos de prisão preventiva ou temporária ou, até mesmo, mandados já expedidos. Delegacia é sempre um risco.


No dia marcado, compareça na unidade policial com seus documentos pessoais e acompanhado de um advogado especialista. Ter um advogado criminalista lhe acompanhando é uma garantia de que seus direitos serão devidamente observados e você terá um tratamento digno.


Se, eventualmente, você não puder comparecer no dia marcado ou já passou a data, comunique seu advogado. O advogado poderá apresentar justificativa e requerer ao Delegado a remarcação da oitiva.


Agora, se você comparecer na delegacia como investigado, condicione seu depoimento à presença de um advogado de sua confiança e, se impedido, mantenha-se em silêncio. Qualquer palavra pode ser crucial para a formação do convencimento da Autoridade Policial e indiciamento.


Como dito anteriormente, delegacia é sempre um risco. Verifique a situação anteriormente e só fale na presença de um advogado.